Publicidade

quinta-feira, 27 de agosto de 2015 Congresso | 13:14

Para Renan Calheiros Congresso não aprova recriação da CPMF: “Brasil espera algo em direção contrária”

Compartilhe: Twitter

O presidente do Senado, Renan Calheiros, acaba de anunciar que é contrário a recriação do imposto sobre o cheque.

A inclusão da nova CPMF no Orçamento de 2016 está sendo estudada pelo Ministério do Planejamento a pedido do Palácio do Planalto, mas conta com a oposição do ministro da Fazenda, Joaquim Levy, que defende o equilíbrio nas contas através de cortes nos gastos públicos.

Considerado atualmente um dos principais elementos de apoio ao governo no Congresso, junto com o vice-presidente Michel Temer, Renan Calheiros afirma não considerar recomendável elevar a carga tributária com a economia em retração.

Ele até admite algum aumento de impostos quando a economia voltar a crescer. Mas não com o imposto sobre o cheque.

“Depois de aumentar a carga ainda criar a CPMF? Não são sinais coerentes. O Brasil espera algo em direção contrária”, disse.

Assista:

Ou: https://www.youtube.com/watch?v=FJDXyGHtbk4

Autor: Tags: , , ,

33 comentários | Comentar

  1. 83 Ivan Brafman 29/08/2015 12:41

    São impressionantes os comportamentos de Dilma Rousseff e de Lula, na hora de fazerem os seus discursos. Quanto cinismo! Quanta zombaria! Quanto deboche! Quanta chacota! Quantas mentiras! Eles desrespeitam a inteligência do povo, acham que nós somos imbecis e idiotas e que ainda vamos acreditar e confiar nas falsas promessas deles: Dilma e Lula. Os dois são muito dissimulados e fingidos, falam da gravíssima situação do Brasil, como se eles não fossem os CULPADOS, pelo país está destruído, falido e arrebentado. Sinto nojo, quando ouço os discursos dos dois. Acabo vomitando.
    Vamos continuar nas ruas manifestando nossas revoltas e indignações e exigirmos a CASSAÇÃO dos mandatos de Dilma Rousseff e Temer.
    Um recado para os petralhas de plantão: Comigo, não resolve, postar como resposta ao meu comentário, aquelas conversinhas fajutas e que já perderam a validade há muito tempo, vou citar algumas: “Você é golpista!”, “Respeite o resultado das urnas na eleição” ( o resultado das urnas se dissolveram e perderam seu significado diante da desaprovação e rejeição ao desgoverno da Dilma, que era de 93%, hoje, deve ser maior.),” Estamos nessa situação por culpa da China e a crise é mundial”, “Antes, no tempo do Fernando Henrique Cardoso a situação do país era pior”, não, não, não, não me venham com conversinhas de estelionatários, não me venham com argumentos esfarrapados. Eu, até, entendo que vocês (Petralhas) são treinados e ganham um dinheirinho para defenderem a Dilma e o Lula, mas, podem ter certeza de que estou vacinado e imunizado contra essas vigarices e pilantragens. Fora Dilma! Fora PT! Lula nunca mais!

    • Luiz polins 31/08/2015 17:24

      Apoiado. Ivan. Cadeia pros petistaa e chefes Dilma Lula e Rui ….
      Cinicos. Mentirosos

  2. 82 Carlos 28/08/2015 8:02

    Vamos falar sério. A manifestação vermelha, de meia dúzia de gatos pingados, espraiada por algumas cidades brasileiras e patrocinada pelo PT, através dos “movimentos sociais” que vivem de dinheiro do governo, não representa a maioria do povo brasileiro, decepcionada com a incompetência e pela quebra de promessas de Dilma Rousseff, a qual afirmara que não haveria desemprego, que a inflação estava sob controle, que as tarifas públicas, energia, combustíveis, transportes etc. não aumentariam, que não iria mexer nas conquistas trabalhistas e previdenciárias, enfim, mentiu deslavadamente ao povo brasileiro.

    Hoje o país está em recessão, o desemprego aumentou, o custo de vida subiu por causa da volta da inflação, as empresas estão demitindo e fechando, não houve investimentos públicos, as despesas com educação e saúde encolheram, e o povo está sendo chamado para pagar uma conta que ele não deu causa.

    Ademais, Dilma se valeu de contabilidade especiosa, tentando enganar o TCU, ao pegar recursos de bancos públicos, BNDES e CAIXA, proibidos por lei, para injetar no Bolsa Família e Minha Casa Minha Vida, o que lhe poderá custar a sua cassação.

    Assim, trata-se de um governo corrupto, ela e Lula, enrolados em negócios escusos na Petrobras (Operação Lava Jato), cuja resposta está estampada no alto índice de impopularidade, 71%, rejeição superior à registrada, às vésperas da cassação de Collor. E veja: somente 8% aprova o governo Dilma, representado pelos vermelhinhos que fizeram manifestações em algumas cidades do país, em pleno dia útil da semana.

    Comparação: as três manifestações apolíticas do povo brasileiro, ocorridas no Brasil, em repúdio ao governo e aos políticos corruptos, suplantaram de longe as carpideiras que foram às ruas chorar por pelo velório de Dilma e Lula.

    Pasmem a insensatez da mandatária Dilma. Ela disse que a educação seria a prioridade de sua administração, mas cortou 7 bilhões de reais de verba da educação, contrariando o seu lema do segundo governo: “Brasil: Pátria Educadora”.

    Não se compreende como alguém ainda possa acreditar em uma governanta impostora, que não cumpriu o prometido, que pouco fez de positivo até agora para fortalecer o país no cenário das nações, que tem as suas contas reprovadas pelo TCU, que travou o desenvolvimento do Brasil, que elegeu o fator climático como causa desfavorável à produção do país, bem como a turbulência da economia mundial de 2008, só que nesse período o Brasil investiu apenas 2,5% do PIB, enquanto Peru (4%), Chile (5%), Índia (6%) e China (13%).

    Por muito menos, Collor foi cassado. Em um sistema parlamentarista, Dilma já teria sido substituída. Assim, o possível impeachment de Dilma não é golpe, mas remédio legítimo e democrático, amparado em nossa Constituição Federal.

  3. 81 Raymundo 28/08/2015 0:04

    A CPMF foi criada com um sentido nobre, para aumentar os investimentos na área de Saúde e, tirá-la do CTI. Mas houve um desvirtuamento do seu uso, por isso e, também por interesse dos que tem dinheiro nos bancos suíços, ela foi extinta. Era uma forma eficaz de verificar a movimentação de dinheiro de origens ilegais.
    Mas a discussão atual de sua reimplementação, num momento em que o governo quer cobrir o rombo do Caixa que fez com suas Pedaladas Fiscais que inflou a campanha bilionária da então candidata Dilma, não se justifica. O povo já está pagando e alto, com o aumento do custo da energia e dos produtos, com o reflexo causados pela alta da inflação.
    O que a grande maioria dos brasileiros que não pensam com a barriga deseja, é a saída desta presidente que já mostrou por inúmeras atitudes, que nunca teve capacidade para governar o país. Aliás, foi plantada pelo seu criador Lula, para ser sua marionete. E mesmo assim, os dois , quase levaram a Petrobras à falência, para manter o projeto de governo.

  4. 80 Carlos 27/08/2015 22:08

    TEM É QUE DIMINUIR OS SALÁRIOS DOS POLÍTICOS……
    JUDICIÁRIO, EXECUTIVO E LEGISLATIVO,,,, GANHAM MUITO E PRODUZEM “MUITO POUCO”
    O POVO GANHA POUCO E PRODUZ E PAGA MUITO….

  5. 79 Edu 27/08/2015 22:00

    O IOF era de 0,0041% ao dia (pelo prazo da operação financeira), quando a CPMF chegou ao fim, o governo repassou os 0,38% para o IOF, que hoje é calculado sobre o valor da operação financeira independente do prazo (o IOF aumentou).
    Se voltar a CPMF vão voltar o IOF para o que era antes também?

  6. 78 Ernesto Honesto 27/08/2015 20:34

    Já escrevi ao meu deputado: Se for a favor de mais este assalto ao POVO, perde meu voto. Estão pensando que somos idiotas? Diminuam o salário deles, tirem mordomias que eles se deram, sem conhecimento ou consentimento do eleitor.
    Podem começar fechando o hospital do Senado que, muito bem equipado, vive às moscas pois os párias têm plano de saúde extensivo às famigeradas famílias, pagos por nós, O POVO.

  7. 77 Dulcidio da Silva Tamanqueira 27/08/2015 20:00

    NÃO PRECISA CPMF, BASTA REDUZIR O NÚMERO DE MINISTÉRIOS DE 39 PARA 10, REDUZIR OS CARGOS COMISSIONADOS, OS SALÁRIOS DE TODOS OS VEREADORES, DEPUTADOS, GOVERNADORES E SENADORES, PARA O BRASIL MELHORAR O SEU CAIXA. O EXEMPLO COMEÇA DE CIMA, REDUZAM RÁPIDO ANTES QUE O POVO EXIJA ISSO NAS RUAS, AFINAL EM ALGUNS MUNICÍPIOS ISSO JÁ COMEÇOU. CHEGA DE LAMA, DESVIOS, MENSALÃO, PETROLÃO,ETC..O POVO NÃO PODE PAGAR POR ESSA SUJEIRA!!!

  8. 76 ANTONIO AUGUSTO 27/08/2015 19:44

    Apesar das grandes manifestações nas ruas, parece que os políticos ainda não entenderam que já retiraram tudo do povo, restando-lhes a dignidade e o labor para sobrevivência (para quem ainda tem emprego). Não venham com mais aumento de impostos, pois as alíquotas aumentadas já foram repassadas pelas indústrias.
    Os srs. deputados, senadores, ministros, etc precisam diminuir seus gastos, direitos, mordomias e retirar seus14ºs e 15ºs salários.
    Por outro lado, se faz necessário trazer a público, que a incompetência da Dillma e do Lewandowski em relação ao reajuste salarial dos servidores, levou a uma greve dos servidores da Justiça Federal, Previdenciária e do Trabalho desde o dia 10/06/2015, há mais de dois meses e meio, prejudicando e adiando o recebimento de direitos pelos empregados, aposentados e pensionistas. É uma vergonha como diria o Boris.
    Aqui um bom assunto para o governo federal e os senadores se preocuparem, uma vez que os servidores estão prevendo entrar no ano de 2016 em greve..

  9. 75 douglas 27/08/2015 19:04

    É claro que tem muita gente contra, principalmente sonegadores, quem é contra já assina a confissão de delinquente.

  10. 74 Marcelo 27/08/2015 17:08

    é claro que o congresso é contra a CPMF, basta cruzar os dados de arrecadação com os constantes no IR para saber direitinho o quanto se rouba nesse pais!

  11. 73 Odair 27/08/2015 16:59

    Não a necessidade de se criar uma nova CPMF, basta este governo-cadáver pedir o seu próprio sepultamento (enterrar a Dilma o Lulla e o PT) e deixar em paz nós 200 milhões de brasileiros, que nós reconstruiremos o Brasil verde amarelo, em vêz do vermelhos cubano, chavista maduro,
    indio evo boliviano e tantas merdas que de pior tem oi mundo que eles se uniram. Tenham paciência que o fim deles estão chegando no dia a dia a casa está ruindo e o fim é foda.

  12. 72 marcio 27/08/2015 16:44

    estão brincando com coisa seria ne se acontecer isto tem que ter uma guerra para colocar a dilma e todos os seus amigos ladrões do governo nem se for na bala mas nao da mais ne

  13. 71 Isidro Tadeu Xavier de Lima 27/08/2015 16:15

    esse tal de CPMF é obra do Lula que, desde seu governo já incentivava a recriação do CPMF, só não pôs em pratica porque os petistas alertaram que seria mal visto, ai, então ele partiu para a Petrobras, para “arranjar” dinheiro para as suas festas de reeleição e da eleição da Dilma. dizem que há uma delação premiada a caminho onde será explicado tudo (Youssef disse) e, vai atingir em cheio Lula e Dilma e os petistas sanguessugas. tõ de camarote esperando

    • Carlos Eduardo Peres 27/08/2015 19:01

      Caro Isidro, só para lembrar: a CPMF foi criada pelo FFHC a pedido do Dr. Jatene para garantir maior verba para a área da saúde e foi desviada para outras finalidades. Trata-se de um imposto justo, com baixa alíquota, equitativo, cobrado de todos e não apenas de alguns, e que ainda tem o mérito de apontar sonegação fiscal. Quando Lula assumiu e o imposto precisava ser novamente instituído, o congresso negou apoio e com isso retirou da área de saúde cerca de 24 bilhões de reais, prejudicando com essa decisão principalmente as camadas menos favorecidas da população que dependem de atendimento público…

  14. 70 Augusto 27/08/2015 15:53

    Não sou a favor de aumentar imposto, ou criar mais uma forma de arrecadar, mas, acredito que se e “se realmente”, houvesse uma forma de simplificar e retirar alguns impostos cobrados para que institui-se o “IMF – Imposto sobre movimentação financeira”, seria o imposto mais justo que se teria, pois, alcançaria todos igualitariamente, seja, de qual classe social for, da base da piramide até a cúpula. Do dinheiro legal ao dinheiro sujo e lavado. Teríamos uma ampliação da base de contribuintes. É um imposto que tributa até àqueles que não se oferecem para serem tributados, e isso é a desigualdade nesse País, enquanto as classes ditas, como pobres ou médias pagam muito imposto a classe considerada rica ou superiores, alta, escapam da maioria deles.

  15. 69 paulo 2m 27/08/2015 15:34

    Venderam o país por um projeto eterno de poder.
    Saquearam os cofres públicos, inclusive de estatais, patrocinaram um Copa do Mundo e uma Olimpíada superfaturadas, enfim faliram o país.
    Agora, descaradamente, pretendem esvaziar o mirrado bolso da população, para continuar com a mamata e a roubalheira, já institucionalizadas no Brasil pelo PT e seus asseclas.
    Extinguir Ministérios e cargos criados para os larápios aliados que é bom, nada.
    Tem é que cortar os gastos públicos, especialmente na carne desses políticos vagabundos, inclusive com cortes em salários e gastos de gabinete.

  16. 68 Zacarias 27/08/2015 15:34

    Por que toda vez que se fala em diminuir gastos ou melhor cortar gastos públicos o governo recua e só querem aumentar impostos para o povo pagar, eles nunca querem mexer nos ganhos deles.Se esses políticos que estão ai desejassem algo de melhor já deveriam ter votado a reforma política,mas o que vemos é só balela e blá blá.

  17. 67 Carlos 27/08/2015 15:14

    Com certeza, o governo anda na contra-mão, em vez de estimular o consumo ele aumenta a taxa de juros, aumenta impostos e desestimula.
    Reduza os juros, estimule e consumo, e principal CORTE SEUS PRÓPRIOS GASTOS……. só assim para o pais voltar a crescer..
    Mas quem quer tirar do bolso…

  18. 66 Paulo Armando C. Labarthe 27/08/2015 15:07

    CPMF – recriar o imposto que originalmente foi aprovado para dar suporte financeiro exclusivamente a saude, aumentado varias vezes até bater os 0,38 p.c e totalmente
    desvirtuado para outros fins, principalmente para “tapar furo” de caixa do governo é
    um golpe para todos os brasileiros já sobrecarregados de IPVA, IPTU, IR, inflação,
    batendo os 10%, aumento abusivo de luz, dos remédios, desemprego em alta etc…
    Chega de imposto !!! Isso é um absurdo sequer de ser pensado que dirá criado.

  19. 65 Antonio N Andrade 27/08/2015 15:01

    Não dá pra entender essa matemática do nosso governo. Em outros países, quando em crise é aplicado a diminuição dos impostos e taxas, para incentivar o consumo, manter a economia, as empresas e principalmente os empregos. Esse projeto aí só tem uma explicação que é repassar o ônus da incompetência administrativa do governo para que o povo, mais uma vez pague o estrago. Também tem outra, como eles vão manter um grupo de vagabundos do congresso nacional no momento em que o povo suplica por mais austeridade nas contas do governo?.

  20. 64 Helena Dias 27/08/2015 14:49

    Má administração, políticos que só se preocupam com eles mesmos, desmandos, desvios, superfaturamento, CPIs uma atrás da outra…. Já estamos pagando (e caro) por uma conta que não é nossa e ainda querem aumentar mais essa conta! Francamente! É muito cara de pau….

  21. 63 augusto 27/08/2015 14:45

    Esse des governo está todo perdido, contraditorio.vergonha.

  22. 62 jonathan 27/08/2015 14:31

    Quando o imposto atinge o andar de cima fazem todo esse discurso de que o Brasil não suporta mais posta e bla bla bla. Vão ver a carga tributária de outros países e compare com a nossa. Vão ver os impostos que os ricos pagam em outros países e compare com o que eles pagam ou não pagam aqui.

    • Everson 27/08/2015 21:12

      Não fale asneiras, pois até a argentina (minúscula mesmo) tem taxas tributárias bem inferiores ao braZZZZZZZil!!! Vai estudar história e economia, mas não nos livros redigidos por esquerdopatas ptralhas para o mec deste DESgoverno!!!

    • Augusto2015 27/08/2015 15:44

      Jonathan, quer comparar com outros paises, compare tudo Vamos pegar a a alemanha por exemplo: O IR chega a ser 50%, porem, se um alemão trabalhar fora da Alemanha u nao, ele esta isento de IR porque o governos quer que ele gaste o dinheiro no pais Natal. No Brasil o brasileiro é taxado duas vezes. Compare as escolas públicas aqui e na Alemanha, a saúde aqui e lá, a aposentadoria aqui e lá não esqueça de comparar direitinho. Depois que fizer estas comparações, você verá que não dá para elogiar um governo que gasta mal, mente e o único ajuste fiscal é aumento de impostos e matar os aposentados do INSS e suas viúvas.;

  23. 61 Ronaldo Silva 27/08/2015 14:30

    Brasileiro, esta cansando de pagar tanto imposto e não ter nada como beneficio, e ainda quer criar mais imposto, para sustentar a maquina publica que nunca foi eficiente, nao temos segurança, saúde, educação de qualidade isso é o minino que deveria ter oferecido mas estao de sacanagem com gente esse posso… Eles erram e a gente paga a conta sempre… to vendo o dia que todo brasileiro vai invadir o Planalto e cobrar que esses mentiroso nunca cumpriram.

    Mas tem brasileiro que tem que sofrer mesmo, gente que vota ainda em um cidadão igual o Collor sem ética e sem caráter, tem um Presidente do Senado igual o Renan Calheiros, não vai adiantar tirar a mentirosa da Dilma além dela tem que tirar esses corruptos, o Problema do Brasil não é os 500 anos de criação acho essa frase de gente que totalmente que só se preocupa com dele.

    Acredito que o problema maior nesse País, é a Lei do Menor esforço fazem campanha para fazer o mais fácil e que seja mais caro, assim pode se Roubar mais.

    Cansado de Tudo isso.. de #SacoCheiodoBrasil #PoliticosBandidos

    Ah, fica reclamando se Voce Voltou nessa Gente se o País esta em Crise o ocupado é voce que Apoia Politicos Corruptos.

  24. 60 Miguel 27/08/2015 14:26

    Ei, CPMF, vai tomar no cú (palmas, palmas, palmas)… ei, CPMF, vai tomar no cú (palmas, palmas, palmas)… ei CPMF, vai tomar no cú…

    • P/Miguel. 27/08/2015 16:36

      ESSA CAMBADA DE VAGABUNDOS PERDEU MESMO A VERGONHA NA CARA, O RESPEITO PELO POVO!
      SÓ QUE ELES NÃO ENXERGAM QUE O POVO PERDEU TOTALMENTE A CONFIANÇA E CONSEQUENTEMENTE O RESPEITO POR ELES TAMBÉM!
      SE ELES ACHAM QUE VÃO GANHAR NUMA QUEDA DE BRAÇOS, QUE PAGUEM PARA VER: O POVO ESTÁ INDIGNADO, SE BABANDO, SE DESESPERANDO COM TANTA FALTA DE VERGONHA NA CARA!

  25. 59 Paulo Campista 27/08/2015 14:23

    não é possível que os pilantras pretendam mais uma vez roubar o brasileiro. pelo amor Deus chega.

  26. 58 Paulo Campista 27/08/2015 14:20

    não é possível que os pilantras já querem meter a mão no bolso dos brasileiros para poderem roubar ainda mais. chega de pilantragem

  27. 57 Jão 27/08/2015 14:04

    O Brasil e os brasileiros estão esperando que todos esses bandidos da política morram…… isso sim….. vem falar em elevar carga tributária…. vai pra puta que os pariu….. ja pagamos os impostos mais altos do mundo e temos uma merda de retorno…. chega de roubalheira.
    Fora bandidos….. fechem o congresso….. fechem Brasília….. o povo não precisa de ninguém de vocês ……. cambada….

  28. 56 Rodrigo 27/08/2015 14:04

    Li em matéria de especialistas que o Governo está fazendo tudo ao contrario…aumentando impostos ao invés de diminuir…aumentar o consumo só diminuindo imposto…todo país que enfrentou esse problema que o brasil vive hoje fez isso…o que se faz aqui não da pra entender!

  29. 55 HART 27/08/2015 14:01

    A mensagem da seguinte frase contida no texto:
    “Ele até admite algum aumento de impostos quando a economia voltar a crescer. Mas não com o imposto sobre o cheque.” significa:
    Se chamar de outro nome ou sigla ele topa e qdo a economia cresce a arrecadação acompanha. Para que aumentar ?
    O negócio é falar palavras bonitas e sem sentido. Ele é tão bom nisto que é presidente do senado.

  30. 54 reginaldo izo islva 27/08/2015 13:54

    porque o governo não corta as benesses de altos funcionários do executivo e do legislativo. com certeza iria economizar muito. esse pao de que são poucos e por isso podem gastar mais sem impactar a economia pode até ter amparo economico mas deixa claro uma fraqueza moral e de caráter do governo que não intervem para dividir o fardo do aperto economico com todos e sim apenas aumentar os impostos do povão.

  31. 53 Vanildo Ferreira de souza 27/08/2015 13:40

    Sobre os estudos para recriar a CPF acho que quem tem esta ideia não tem nenhuma noção de economia. Ser Governo não é só aumentar e criar impostos, a que cortar gasto e gastar melhor com uma economia em recessão. O atual governo não tem credibilidade para criar novos impostos.

  32. 52 Renato 27/08/2015 13:33

    É o governo mais desnorteado que tivemos. Inacreditável tamanha incompetência, descontrole e falta de conhecimento reunidos em uma única gestão.

  33. 51 Nilton Plínio 27/08/2015 13:29

    Senhores, o PT como já perdeu totalmente a vergonha e por tabela a presidente, tentam recriar
    um imposto infame para recuperar “grana” que foi foi roubada por eles próprios. E depois dizem
    que não precisamos de nova revolta militar.

  1. ver todos os comentários

Os comentários do texto estão encerrados.